(08.08.2019) Como dizem no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC): treino duro, combate fácil. Assim foram os dias de exercícios simulados que aconteceram simultaneamente em cidades do Vale do Itajaí durante esta semana. Com 2 equipes de Força-Tarefa (FT) empregadas, os militares utilizaram os cenários reais para o aprimoramento de técnicas, repasse de instruções e também a integração com outras instituições.

 

 

O 3º Simulado de Ajuda Humanitária aconteceu entre os dias 05 e 08 de agosto, envolvendo os municípios de Indaial, Timbó, Blumenau, Taió e ainda a sede do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), em Florianópolis. Além do CBMSC também participaram: o Exército Brasileiro, a Marinha do Brasil, as Polícias Militar e Civil, os Bombeiros Voluntários da cidade de Indaial, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), além das Defesas Civis.

 

 

“Foram dias muito importantes para o CBMSC, a troca de experiências é fundamental para que em operações reais as instituições saibam trabalhar em conjunto e apresentem o seu melhor. E isso foi o que aconteceu no Vale do Itajaí, além de aplicarmos o nosso conhecimento, pudemos trocar orientações e práticas e isso é sempre muito construtivo”, afirmou o Subcomandante-Geral do CBMSC, coronel BM José Ricardo Steil.

Todas as ocorrências foram gerenciadas com o Grupo de Ações Coordenadas (GRAC) em cada local, envolvendo representantes de cada instituição.

 

 

Força-Tarefa 05

Para a cidade de Taió foi deslocada a equipe de Força-Tarefa 05, pertencente ao 5º Batalhão de Bombeiros Militar – com sede em Lages, comandada pelo Tenente Coronel Paulo Diniz Arruda. Na cidade, para o CBMSC, os simulados iniciaram na manhã da terça-feira, 06 e encerram na tarde da quarta-feira, 7.

A equipe contou com 18 homens, divididos em funções relacionadas aos exercícios.  Nas simulações a ideia era trazer cenários decorrentes de chuvas intensas e volumosas.

A FT 05 trabalhou com 10 integrantes especializados nas áreas de Intervenção em Áreas Deslizadas (IAD), além de Busca e Resgate em Inundações e Enxurradas (BRIE) - com o Comando do 1º Tenente Rubens Babel, ainda contando com 1 binômio - Bombeiro Militar e cão de busca, formado pelo Capitão BM Michels e o cão Chewbacca e profissionais empregados para comando, administração e logística que gerenciaram a ocorrência através do Sistema de Comando em Operações (SCO).

Ao total a FT 05 atuou em 05 ocorrências, empregando além das viaturas terrestres, atendimento na água com bote.

 

 

Força-Tarefa 03

Já em Indaial o atendimento foi prestado pela Força-Tarefa 03, pertencente ao 3º Batalhão de Bombeiros Militar – com sede em Blumenau, comandada pelo Tenente Coronel Luciano Mombelli. No local os exercícios começaram na terça-feira, 06, pela manhã e encerraram na noite do dia 07.

Os cenários envolveram situações de Deslizamento de Terra, Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas e resgate de vítimas em águas rápidas. As cenas foram compartilhadas com os Bombeiros Voluntários de Indaial.

 

 

“Foi um momento importante de integração entre as instituições, afinal em uma cena real vamos atuar em conjunto, assim, tivemos uma troca mútua de como atuamos”, comentou o Subcomandante-Geral.

A equipe que esteve em Indaial também participou do chamado “Vip Day”, em que todas as instituições compartilharam da mesma simulação de resgate de pessoas ilhadas, com a presença dos Comandos e chefias de cada uma das participantes. O CBMSC teve dupla participação, uma com o resgate de pessoas fraturadas, uma pela água, em que os profissionais chegaram de bote a remo e a outra pelo ar com a aeronave Arcanjo.

 

 

Ao total a FT 03, comandada pelo Tenente BM Fillipi Pamplona, também contou com um binômio - Bombeiro Militar e cão de busca, formado pelo Cabo BM De Souza e a cadela Zaara e atuou em 04 ocorrências simuladas.

 

 

Ajuda Humanitária

Na cidade de Timbó foi instalado o hospital de campanha, em parceria com o SAMU estadual e a Secretaria Municipal de Saúde de Balneário Camboriú. O local contou com uma estrutura completa para atendimento de pacientes. Essa integração foi de extrema importância, porque em uma situação real um dos pontos mais sensíveis é o fluxo de atendimento de saúde. Com o treinamento, foi possível entender as necessidades e montar de forma rápida uma estrutura completa, com leitos de UTI, prevendo todas as situações possíveis, inclusive partos. 

 

 

 

Texto: Melina Cauduro - Assessoria de Comunicação CBMSC
Fotos: Divulgação/CBMSC

GOVERNO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA

Avenida Governador Ivo Silveira, nº  1521
Capoeiras  - Florianópolis-SC  - CEP: 88.085-000.

Atendimento ao Público: 13h às 19h.

 Fone: (48) 3665-8100 - Email: direcaogeral@ssp.sc.gov.br

2019 SSP/SC. Desenvolvido por DTIC - Divisão de Tecnologia da Informação

Search