Florianópolis (04.09.2017) –  O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) entregou à Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP/SC) novos painéis de Business Intelligence (BI) com dados operacionais da Polícia Militar e da Polícia Civil, oriundos do Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP).

 

Com novos design e arquitetura de dados, os painéis proporcionarão uma melhor experiência para o usuário, com maior facilidade de navegação e assertividade nas buscas, seja para a gestão das ocorrências, para o controle estatístico ou como apoio em investigações criminais.

 

Os novos painéis foram entregues pelo Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Fábio de Souza Trajano, na Central de Gestão do MPSC. "O MPSC e a SSP/SC irão ganhar em velocidade, objetividade e segurança da informação. Esse trabalho mostra que mesmo em momentos de crise conseguimos avançar muito quando unimos forças. O mundo atual precisa que as instituições públicas trabalhem cada vez mais com inteligência, tecnologia e colaboração", afirmou Trajano.

 

Para o Secretário de Segurança Pública (SSP/SC), César Augusto Grubba, o momento agora é de qualificar os dados e principalmente utilizá-los da melhor maneira possível no combate à criminalidade, seja como apoio à tomada de decisões estratégicas, nas operações da Polícia Militar e no trabalho de investigação do MPSC e da Polícia Civil. "Diante de tantos avanços em nossa parceria institucional, mesmo que mudem os gestores no futuro, não há como retroceder, principalmente considerando o resultado positivo que tudo isso trará para a sociedade. O momento agora é de darmos os próximos passos, solidificando essa parceria", afirmou Grubba.

 

Os painéis de análise de dados foram desenvolvidos pela Coordenadoria de Informação Social do MPSC (COINFO) em parceria com a Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) da SSP/SC.

 

Também participaram do encontro o Comandante-Geral da PMSC, Cel. Paulo Henrique Hemm, o Subcomandante-Geral, Cel. Araújo Gomes, o Delegado-Geral da Polícia Civil, Artur Nitz, o Chefe do Estado Maior da PMSC, Cel. Giovani Pacheco, o Ten. Cel. Jorge Eduardo Tasca, do Estado Maior da PMSC, o chefe da Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicações (DTIC/SSP), Cel. Luís Haroldo de Mattos, o Cel. Sérgio Maliceski, da DTIC, a Policial Militar Flávia da Silva Vieira, da DTIC, o Diretor de Planejamento e Avaliação (DIPA/SSP), Rafael Almeida Pinheiro da Costa, o Diretor de Integração (DINT/SSP), Cel. Rogério Martins, o Ten. Cel. André Alves, Assessor da SSP, o Delegado Márcio Fortkamp, Assessor da SSP, o Delegado Mauro Cândido Rodrigues, Diretor de Informação e Inteligência (DINI/SSP), o Agente da Polícia Civil, Emerson Lígio, da DINI, o Delegado Alexandre Kale, da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil, Promotor de Justiça João Carlos Teixeira Joaquim, Coordenador do CAT,  Promotor de Justiça João Alexandre Massulini Acosta, Coordenador do CCR, e o Coordenador de Informação Social do MPSC, Christian Rosa.

 

Business Intelligence (BI)

Business Intelligence (BI) ou inteligência de negócio, é um termo guarda-chuva cunhado pelo Gartner na década de 1990 e que inclui arquiteturas, ferramentas, bancos de dados, aplicações e metodologias para análise de dados e apoio à tomada de decisão. Os principais objetivos do BI são permitir o acesso interativo aos dados (às vezes, em tempo real), proporcionar a busca e descoberta de informações operacionais e estratégicas com a manipulação desses dados e facilitar a geração de insights e à melhor tomada de decisão.

 

O processo de BI baseia-se na transformação de dados em informações, depois em decisões e finalmente em ações.

 

GOVERNO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA

Avenida Governador Ivo Silveira, nº  1521
Capoeiras  - Florianópolis-SC  - CEP: 88.085-000.

Atendimento ao Público: 13h às 19h.

 Fone: (48) 3665-8100 - Email: gabinetesecretario@ssp.sc.gov.br

2017 SSP/SC. Desenvolvido por DTIC - Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicações.

Search